Município: câncer do Brasil

Navegando rotineiramente na internet, me surpreendi (não sei o porquê da surpresa na verdade) com uma notícia no site da UOL esta noite. Mais um escândalo envolvendo prefeitos corruptos no Maranhão. Aliás, não fiz nenhuma pesquisa para comprovar, mas acho que o estado já é o líder nacional de corrupção explícita em prefeituras do País. Que orgulho para vocês prefeitos da minha querida terra! Talvez isso aconteça pelo fato de o estado ser muito rico não é mesmo?! Os prefeitos se sentem mais confortáveis em poder desviar pequenas fortunas para ajudar nos seus orçamentos do lar. Que bonito! Afinal de contas, no Maranhão não temos miséria, não temos casas de taipa, não temos povo sem saneamento básico, só temos hospitais adequados ao atendimento, enfim, uma maravilha! Agora o destaque ficou por conta do prefeito de Serrano do Maranhão. Foi preso em flagrante sacando mais de 30 mil reais de contas da saúde  e do fundo de participações dos municípios. O mais curioso é que este mesmo prefeito, Vagno Pereira, substitui hoje o o ex-prefeito que fora afastado por desvios de mais de 3 milhões de reais. Pelo jeito, encontraram mesmo um substituto à altura! Serrano possui apenas 11 mil habitantes e é um dos municípios com menor IDH do Brasil (junto de tantas outras cidades maranhenses), coisa que certamente este canalha prefeito nem sabe o que significa.

Eu fico me perguntando até quando isso vai continuar. Seria o povo merecedor de tanta maldade?! E o que fazer se quando sai alguém reconhecidamente corrupto e o substituto faz o mesmo?! No Maran hão não vejo solução a curto prazo. Com muita boa vontade e uma pitada de ilusão, poderia se ver melhores dias num futuro distante. A Polícia Federal, que merece todo o meu respeito, tem atuado bem mais neste governo, fato que muito me agrada. Você tem a exata noção da razão pela qual tem investigado tanto esse pobre estado quando viaja ao interior e vê a calamidade diante dos seus olhos. Ora, os policiais são humanos e o sentimento humano ao se deparar com a realidade é de revolta. É uma questão que vira pessoal! Todos nós sabemos que toda essa bandidagem sempre existiu, só não havia antes vontade política de exterminá-las, ou pelo menos dificultá-las. O dinheiro é repassado. Temos programas que exibem o repasse de verbas pra todos os municípios periodicamente. E quem conhece os municípios, sabe que o dinheiro dá pra fazer muito sim pelo povo! Mas esse dinheiro não é usado para o povo! Temos municípios no interior do Maranhão com quase não possui casa de alvenaria, mas veja a casa e a Frontier do prefeito. Sem falar na Hilux ou BMW que seu filho usa para fazer rachas na capital.

Vocês, boa parte dos prefeitos do Maranhão, são assassinos! Estão matando pessoas e responderão por tudo isso um dia! Não pensem que matar é botar uma arma na cabeça e puxar o gatilho. Essa morte é rápida e bem menos cruel do que o genocídio que vocês cometem matando tantas pessoas de fome ou por doenças facilmente combatíveis! Chegamos a um ponto que mesmo que um homem de bem queira se infiltrar na política, não consegue sucesso! O sistema está contaminado e o honesto é rapidamente eliminado deste jogo de poder e riqueza pública! Mas eu alerto: muito cuidado com uma nova espécie animal que tem rondado o Maranhão! É uma ave de RAPINA que se alimenta de prefeitos. Continuem assim, com medo e atento a todos os lados! Tenho fé que a impunidade que temos visto irá acabar! A esperança é a última que morre!

Para ler mais detalhes sobre a matéria do bandido prefeito de Serrano, acesse: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u710559.shtml

 

Site Mhário Lincoln do Brasil

Uma grande dica aos leitores que por estes mares navegam é o site do Mhário Licoln do Brasil, consagrado jornalista que expõe sempre suas sensatas idéias e que conta com o apoio de articulistas de igual competência. Gostaria de agradecer ao apoio a mim conferido sobre a famigerada autoria de Um Dia na Vida de Reginete, comentada no site pelo articulista Angelo Santos, que acompanhou o desenvolvimento de muitos de meus textos. O link é: http://www.mhariolincoln.jor.br/articulista/o-texto-de-piruca.html .

Querido Mhário Licoln, um grande abraço deste humilde admirador de sua inteligência e integridade!

Armando Henrique

A Internet e um de seus contras

Uma situação inusitada: estava eu no Rio, curtindo toda a falta de preocupação das minhas lúdibres férias, quando comentei com meu tio maranhense, que mora fora há uns 40 anos, sobre um texto que havia escrito há uns 2 anos. O texto é "Um Dia na Vida de Reginete", que visa contar uma pequena história fictícia (apesar de conter personanges reais, com pseudônimos diferentes, do Cohatrac, bairro onde vivi minha infância) utilizando o máximo de expressões maranhenses (ou ludovicenses, para ser mais exato) costumeiras nesta minha marcante infância. Sabe aqueles momentos de nostalgia que fazem você escrever qualquer coisa que te transporte para aquela época de ouro ?! Mais ou menos isso que aconteceu. Muito bem, voltando à conversa que fluía com o meu tio, decidi mostrar o texto a ele. Desta forma, perguntei ao oráculo (Google) qual era mesmo o endereço do meu blog. Digitei "um dia na vida de reginete" e me surpreendi com o retorno. Vários blogs e sites exibem esta estória. Fiquei bem feliz em saber que as pessoas gostaram, mas havia um problema: a grande maioria postava como Autor Desconhecido, e uma minoria ainda possuía assinatura de outras pessoas que nem conheço. Até uma matéria no jornal da capital "O Imparcial" comentava tal texto. Passei a entender na prática a situação da pirataria que a internet proporciona e da qual eu mesmo me beneficio (ou prejudico, dependendo do ponto de vista). Entendo que realmente isto não aconteceu por um ato pensado ou de má fé. Deve ter ocorrido que alguém leu, em meu primeiro blog, o texto e deve ter enviado a várias pessoas sem lembrar de botar a autoria. Quem recebeu também repassou como autor desconhecido e o famoso efeito cascata se fez presente. Alguns já foram induzidos a achar que eram outros autores, talvez imaginando que quem enviou o e-mail seria o autor. Eu mesmo já recebi esse meu texto por e-mail como autor desconhecido, e, obviamente, respondi à minha amiga que enviou que eu o havia escrito. Muito bem, o que aconteceu a seguir foi que reinvindiquei minha autoria a todos os blogs que achei (e que a seção de mensagens funcionava). Muitos já estão me respondendo de forma positiva e carinhosa, informando que irão assinar corretamente o texto. Outros já responderam com desconfiança sobre a autenticidade de minha autoria. E o pior é que eles estão certos. Do jeito que a coisa anda, como provar quem realmente escreveu um texto que rola na net?! Eu ainda não respondi aos comentários porque não sei ainda como provar, então vamos deixar quieto por enquanto.

Entendi bem agora o porquê de tanto falarem em acabar com programas de troca facílima de arquivos pela internet, como emule, kazzaa e seu pai Napster. Meus mp3zinhos tão bacanas me pareciam tão inofensivos, mas não eram justos com seus artistas. Se bem que a autoria deles é reconhecida. Prontoo... arrumei a desculpa que queria pra continuar baixando-os. A lição então é: baixe músicas somente com autorias conhecidas e repasse textos com seus autores corretos. Isso é legal!

Vira e mexe e eu ainda atualizo com algumas expressões novas que lembro. No próximo mês, uma atualização deverá ser postada neste blog! NÃO PERCA! Inclusive, aceito colaborações. De qualquer forma, lembrem-se: quando virem "Um Dia na Vida de Reginete", lembrem que seu autor pode até ser desconhecido por aí, mas tem nome: ARMANDO HENRIQUE!

Para Maranhense Ler: Um Dia na Vida de Reginete!

Reginete, a empregada da casa do Vieira, chega da Rua Grande toda querendo ser, de traca amarela, uma japonesa bandeirosa com pontuação 2 números acima da sua, rebolando e exibindo sua calça nova, daquelas bem apertadas e lá no rendengue, que comprou para sair à noite. Logo gerou um bafafá das invejosas de plantão.
- Olha a barata do Vieira. Quer se aparecer! Tá escritinha uma fulêra!
- E tu parece uma nigrinha dando conta da vida dos outros – retruca à mulher Seu Barriga, que estava só coíra descansando em um pequeno mocho na porta de casa.
Porém, despertou também o interesse de toda a curriola da rua. A galera do chucho parou para secar a moça. Até quem tava no desafiado. Guga largou de empinar seu papagaio aos gritos de "lá vaiii lá vaiii...", batendo tala, mas sempre na guina para lancear melhor e com uma bimbarra do freio reforçada e linha puída pelos amigos que o sabotavam pisando disfarçadamente, para admirar:
- Éguass Reginete! Tá pintosa como quê!
- Hmmmm piqueno. O que é heim? Só porque tô com minha calça nova? Comprei na Lobrás ontem tá?!
Victor, garoto que vivia cheio de curubas nas mãos por causa de suas carambelas no asfalto, desinformado, questiona:
- O que é Lobrás?
- É uma loja, abestado. Ao pegado da Mesbla. Defronte as Pernambucanas. Onde a gente vai sempre capar bombom – corta Guga.
Nesse momento, Caverna, o mais delegado das peladas, largou sua curica, feita de talo de coqueiro e folha de caderno, e veio, catingando que só ele, arrumar cascaria com Guga.
- O quê que tu quer?! A nêga é minha.
- Hmmmm tu quer te amostrar pros teus pariceiro? Te dôle um bogue!!!
- Me dáli??? Rapá, tu não me trisca!!!
E a galera vem zilada jogar lenha na fogueira.
- Éééésseeeeee!!! Tá falando da tua mãe!!! Chamou de qualhira!
- Ééélasss... eu não deixava!!! Cospe aqui – diz Dudu, que só andava na calha, estendendo a mão.
Mas Guga não entra na conversa dos amigos:
- Rapá, negada só querem ver a caveira dos outros!
- Ihhh gelão... cagou ralo heim Guga!!! Tá aberando!!!
Até que chega Lombo, o mais velho da turma, que jogava peteca naquele momento. Ele tinha o costume de quebrar as petecas alheias na brincadeira do cai, dando um china-pau com seu cocão de aço, principalmente se fosse numa olho de gato. Utilizava, também, o recurso do olhinho, mas dificilmente só bilava. Pediu limpo, completou matança nas borrocas e depois foi pro casa ou bola. Às vezes porco ou leitão visitando. Ele intervem gaguejando:
Ê Caaaa-Caverna, tu tu tu já tá coisando os outros aí né?! Vai já levar um sambacu!
- Hen heim. Vamo já te dar um malha – confirma Guga, aliviado com a intervenção de Lombo.
- Hen heim – retruca Caverna imitando Guga com voz afeminada.
- Não me arremeda não!!! Olha o raspa!!!
- Ahhh... te lascar!!!
Depois do furdunço por sua causa, Reginete sai toda empolgada de lá e decide dar logo uma parada na quitanda da Zefinha, lembrando que seu Vieira havia pedido que ela comprasse alguns ingredientes para garantir o fim de semana, já que Dona Veridiana ainda não havia feito a Lusitana do mês.
- Oi Dona Zefa. Quero camarão seco pra botar na juçara da dona Veridiana e fazer arroz de cuxá. Me veja 3 Jeneves também, 2 quilos de macaxeira, um lidileite alimba, 2 pães massa fina e 4 massa grossa! Ahh... e uma canihouse pra eu fazer a base pra noite!
A senhora vai checar seu estoque no freezer e retorna:
- Ê essa outra... só tem Jesus. Vais querer? Vais querer quantas mãozadas de camarão?
- Três tá bom. E pode ser Jesus sim.
Ao chegar em casa com as compras, seu Vieira repreende a moça:
- Tu fica remancheando pra trazer o cumê. To urrando de fome aqui já! Cuida piquena!! Vou só banhar e quando voltar quero ver tudo pronto.
- Ô seu Vieira... o senhor é muito desinsufrido! Já to arreliada com uma confusão dos meninos na rua. Não me aguneia! Confie ni mim que faço tudo vuada! O senhor sabe que...
- Já seiii... tá bom... aí fala mais que a nêga do leite. Eu heim?! – seu Vieira interrompe.
Neste momento chega Marquinho, filho do seu Vieira, com a equipagem da Bolívia Querida toda suja. Sinal de mais trabalho pra Reginete.
- Menino, olha essa tua roupa. Tava num chiqueiro era? Vai ficar encardidinha! Isso não sai não! E esses brinquedos?! Tudo esbandalhado! Aí não tem jeito! Olha... tá só o cieiro (ou ceroto, como queiram)!
- Tava jogando travinha com os moleques! Não enche e me dá logo esse refri aí que to com sede.
- Hum Hum. Isso é do seu Vieira!
- Marrapá! Por quê?! Deixa de canhenguice, piquena!
- Deixa eu cuidar comigo que ainda quero sair hoje pra radiola no clubão! Vai rolar só pedra!
Passada a janta, Reginete já exausta lava a louça e reflete sobre seu evento da noite: “Já estou é aziada e as meninas não ligam. Amanhã começa mais um dia de trabalho e se sair hoje ainda fico lisa pro fim de semana!”. A moça muda de idéia segue sua rotina. Todos os preparativos para a noite foram em vão? Nãããã! O importante foi chamar a atenção e não se achar mais uma no meio da multidão!

Armando Piruca

Formação de um time de Segunda!

Vocês estão presenciando novamente a formação de um time de segunda... não sei o que ocorre, mas a diretoria pensa pequeno. Parece que não entenderam que o Botafogo é time grande e tem uma história que deve ser respeitada com um elenco no mínimo bom. Só se especula jogador de time pequeno, só zé ninguém. É um Marcelo Cordeiro (reserva no Inter) pra cá, Andrade (reserva do Sport) pra lá, Durval que é zagueiro do Sport, time que foi o primeiro a cair, e que mesmo assim não deve vir pq o Botafogo achou caro sua pedida. Isso mesmo, o Botafogo não consegue trazer nem um Durval do rebaixado Sport. Sua salvação Jobson antes mesmo de gritar "LIVRAMOS DO REBAIXAMENTO" já anunciava sua saída. Agora sabemos que na barca do ataque vao praticamente todos. Mas sem desespero, chegou aí o Leo Guerreiro, grande craque de 26 anos do Botafogo que joga a segunda divisão de Brasília! E não fica por aí, o Botafogo pensa em Mimica e Miracema do Sampaio Correa. O que é isso?! Pelo menos especularam o Diguinho. Mas ele não seria caro pelo bom fim de campeonato pelo Flu?! Xiiii, logo eu vi. O Diguinho que o Botafogo quer viria do Ameriquinha, que conseguiu o grande feito de subir da Série B do Carioca (A séria A do Carioca é daquele jeito, imagina a B)! Não se consegue segurar um fraco Juninho e nem um Diego, que é lateral improvisado e veio do Barueri. Aí o jeito é sonhar com Tiago Feltri. Exatamente, sonhar! Porque a moral que o Botafogo tem para uma contratação faz com que simples pernas-de-pau virem sonhos inalcançáveis!

Não sei. Mas pelo que tudo indica, se não ganharmos na Loteria descobrindo um Maicossuel ou um Jobson que carregue todo o time nas costas, teremos boas dores de cabeça em 2010. A começar pela renovação de Renato cara de sono (e velocidade de quem tá dormindo também) e Lento Flávio.

Precisamos montar um time do Botafogo, e não um Cardoso Moreira com a camisa do nosso Glorioso! Será que eles não conseguem perceber isso?!

Fica aqui meu desabafo!

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Nordeste , SAO LUIS , PARQUE SHALON , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Informática e Internet , Esportes
Outro - Skype: armando.henrique

 
Visitante número: